Complexo disco-osteofitário tem cura?

Complexo disco-osteofitário tem cura?

A resposta para esta questão é sim! Mas, o que é complexo discoosteofitário? Para entender o que significa estas palavras estranhas, é importante entender que a coluna vertebral humana busca soluções quando um disco intervertebral degenera. A coluna busca uma solução melhor de equilíbrio e ela começa a produzir osso para tentar equilibrar-se melhor. A coluna é uma estrutura que sempre busca uma situação de equilíbrio. O jeito que ela encontra então é produzir osso para ganhar estabilidade. Este osso que cresce, muitas vezes, junto ao disco, recebe o nome de complexo disco-osteofitário. O osso que cresce pode ser chamado de artrose, osteófito, ou “bico de papagaio”. Às vezes, o complexo discoosteofitário comprime a medula espinhal, o nervo da coluna cervical dando dor no pescoço, dor no braço, ou comprime o nervo da perna, dando dor na perna, no nervo ciático. Há vários tratamentos para isso. Marque agora sua consulta on-line agora, com hora marcada.

Postura incorreta que pode levar, com o tempo, a doença degenerativa precoce na coluna cervical e formação de complexos disco-osteofitários com o tempo. Mude sua vida antes, para evitar dor, e necessidade de cirurgia no futuro.

Perguntas e respostas rápidas:

  • O que é Complexo disco-osteofitário?

Crescimento ósseo reacional associado ao disco interevertebral abaulado/degenerado que visam “equilibrar” melhor nossa coluna.

  • O que é o bico de papagaio na coluna?

O complexo disco-osteofitário, ao crescer para “equilibrar” melhor a coluna, muitas vezes adquire, ao vermos o raio-x, a forma de bico, parecendo um bico de papagaio.

  • Complexo disco-osteofitário é grave?

Pode se tornar grave. Se houver crescimento ósseo que esmague/ comprima o nervo do braço ou da perna, trazendo risco aos nervos do corpo.

Imagem olhando-se a coluna e nervos por cima. Veja que tanto o disco (na frente do nervo) quanto o osso (por trás do nervo), podem esmagar e comprimir o nervo. Veja o nervo em amarelo.

  • Complexo disco-osteofitário pode não causar nada?

Sim! Se não houver pinçamento de nervo, pode ser que a pessoa não sinta nada.

  • O que o fisioterapeuta ou o educador físico deve saber e fazer para seu paciente que tem complexo disco-osteofitário na coluna cervical ou lombar?

Você, educador(a) físico(a) ou fisioterapeuta está ciente de que um trabalho integrado com um especialista em coluna é mais seguro para seu (sua) cliente/paciente que tenha qualquer sintoma relacionado de coluna e nervos. Deve encaminhar o paciente para avaliação com especialista da coluna para a continuidade segura do seu treino/ tratamento, reduzindo riscos de lesões. Temos prazer em discutir o caso de seu cliente/paciente para que ele/ela possa continuar com vocês seu treino/tratamento em segurança. Nós disponibilizamos a estes profissionais, que solicitarem, a versão PDF do primeiro livro em português sobre a dor na coluna que se aprofundou, de fato, na célebre e tão comum doença degenerativa da coluna. Veja a foto da capa do livro do Dr. Pinheiro Franco logo abaixo.

No poster, o livro em português do Dr. Pinheiro Franco que traz os principais conceitos sobre a doença degenerativa da coluna. Solicite para nossos colaboradores a versão PDF.
  • Como saber se o complexo disco-osteofitário tem risco para os meus movimentos?

O melhor jeito é procurar um especialista. Marque agora sua consulta com os especialistas da Clínica Pinheiro Franco.

  • Estou sentindo alguns dos sintomas seguintes: dor no pescoço, torcicolo, perda de movimento ou rigidez do pescoço, dificuldade para mexer o pescoço, dor de cabeça que parece vir do pescoço, choque no braço, formigamento no braço, perda de força no braço, estalos na coluna, perda de sensibilidade do braço, formigamento na ponta dos dedos. Estes sintomas podem estar sendo causados pelo complexo disco-osteofitário na coluna cervical?

Sim. É importante avaliarmos, pela segurança dos seus nervos.

  • Complexo disco-osteofitário pode causar tetraplegia ou paralisia?

Sim, mas isto não costuma acontecer de forma aguda, a não ser que ocorra uma queda ou acidente. Há vários fatores que devem ser analisados em consulta.

  • Complexo disco-osteofitário tem tratamento?

Sim. No pior dos cenários, caso você esteja numa situação de risco, a microneurocirurgia é o tratamento ideal. É o método consagrado mais seguro para se remover o osso que esmaga a medula espinhal ou os nervos.

  • A cirurgia para tratamento do complexo disco-osteofitário é segura?

Sim. Hoje, com a evolução das técnicas de microneurocirurgia, e a evolução dos monstros de tecnologia, os microscópios com as lentes Carl Zeiss, a cirurgia para tratar o complexo disco-osteofitário (bico de papagaio) é segura nas mãos experientes. Dê aos movimentos de seus braços e pernas a segurança que eles merecem. Marque agora sua consulta com os profissionais da Clínica Pinheiro Franco, há 48 anos melhorando a vida de seus pacientes.

  • A microneurocirurgia é uma cirurgia minimamente invasiva para tratar o complexo disco-osteofitário?

Sim, procuramos fazer as menores incisões possíveis de pele que nos permitam realizar o MELHOR trabalho interno. Nosso lema é a segurança dos nervos e dos movimentos de seus braços e pernas, de nossos pacientes. O que muda a vida das pessoas é a qualidade do trabalho interno ao realizarmos a descompressão do nervo do braço ou da perna.

O respeito ao seus nervos de braços e pernas e à sua medula espinhal é o lema da Clínica Pinheiro Franco, é o nosso lema.

Compartilhe

Outras publicações

Outros Tratamentos

Minimamente Invasivo

Biacuplastia intradiscal

Tratamento que consiste em cauterizar as fibras nervosas causadoras de dor que estão dentro do disco vertebral.

Micro Cirurgia
Microcirurgia Zeiss

Microdiscectomia Zeiss

A microdiscectomia é, para o tratamento da hérnia de disco, o que se chama de padrão-ouro (gold standard em inglês). O que isto significa? Significa

Agende uma Tele Consulta

Consulta presencial ou on-line para um diagnóstico preliminar.