Agende consulta presencial ou por video chamada.

Dor na coluna no idoso tem cura?

Dor na coluna no idoso tem cura?

Quem não conhece alguém idoso que já tenha tido dor na coluna, aquela famosa dor nas costas ou lombalgia? Pois é! Dor na coluna no idoso é muito comum. E será que tem cura? Essas e muitas perguntas as pessoas se perguntam e muitas vezes ficam ansiosas e tristes ao ver seus parentes queridos, pai ou mãe, que sofre de dor na coluna lombar.

A dor na coluna no idoso tem cura? Podemos dizer que os discos e articulações posteriores ósseas (ditas facetárias) da coluna vertebral envelhecem. Portanto, a doença degenerativa (envelhecimento) da coluna não tem cura. A boa notícia, no entanto, é que o sintoma “dor na coluna”, este sim, pode ser melhorado, aliviado de modo que o idoso consiga ter de volta uma boa qualidade de vida.

O idoso com dor na coluna muda seu comportamento. Veja dicas que você pode observar que podem apontar para um problema de dor na coluna.

Hoje, com o progresso da medicina, a vida humana está se extendendo mais e mais anos. As pessoas estão vivendo mais e a coluna está envelhecendo junto. O idoso que tem dor nas costas, na coluna, muitas vezes, muda seu comportamento, seus hábitos. Preste atenção se seu pai, sua mãe, seus avós, encontram-se nestas situações abaixo (leiam os itens baixo) quando associadas a queixas de dor nas costas e/ou ciático e/ou braço, e/ou sensação de cansaço em pernas ou braços.

  • Sai menos de casa
  • Não quer passear no fim de semana
  • Não vai mais à igreja
  • Caminha menos
  • Está todo o tempo procurando um banco para sentar
  • Não quer fazer exercícios
  • Está desanimado(a)
  • Parou atividades físicas várias
  • Não quer mais viajar
  • Está irritado(a) mais facilmente
  • Está com insônia
  • Está triste e fala frases como “Já cumpri minha missão aqui na Terra”

Vejam que a dor vai minando o bom humor do idoso. O idoso pode estar apresentando graves doenças da coluna e nervos e muitas vezes a forma de expressar isto é que ele (ela) tem dores musculares , tensão na coluna, etc, quando, na verdade existe grave compressão de nervo ou artrose, por exemplo.

Muitos idosos migraram, hoje em dia, para o plano de saúde para idosos e acham, e ficam tristes, ao ler estas linhas e ler nossa página de planos de saúde, que não podem ser tratados pela nossa equipe. A boa notícia é que nossas colaboradoras são treinadas para explicar como isto é sim possível. Caso seja este seu caso ou de seus pais ou avós, entre em contato e será explicado como deve-se proceder.

Dor na coluna do idoso tem tratamento e solução

A boa notícia para os idosos que sofrem de dor na coluna é que, fazendo-se uma análise minuciosa com médicos que entendam profundamente do assunto, a qualidade de vida do idoso, do seu pai, de sua mãe, de seus avós, que piorou, pode, por outro lado, melhorar! Isso mesmo! O importante é que o idoso possa ter alívio de sua dor lombar de forma que ele ou ela consiga poder fazer suas atividades normais do dia a dia.

Você, que está lendo estas linhas, entende que a Clínica Pinheiro Franco é composta por médicos especialistas, que publicaram o primeiro livro científico em português sobre a dor na coluna no idoso, ou seja, a doença degenerativa da coluna, a doença degenerativa do disco intervertebral. Em outras palavras, somos profundos conhecedores dos males que perturbam a vida de seu pai ou sua mãe. Marque sua consulta conosco e vamos ajudá-la(a) a melhorar a qualidade de vida da pessoa que você ama e que os seus próximos anos de vida possam ser bem vividos.

Livro sobre o Tratamento da Dor Lombar
1o. Livro em Português sobre o Tratamento da Doença Degenerativa do Disco Intervertebral. O livro trata da Dor Lombar, suas causas e tratamentos dentre a gigante variedade de tratamentos existentes. Não perca seu tempo. Marque sua consulta conosco para que possamos melhorar a qualidade de vida de seu ente querido.

A Clínica Pinheiro Franco e o tratamento da dor na coluna no idoso

Os médicos especialistas da Clínica Pinheiro Franco esmeram-se no entendimento do tratamento da dor na coluna do idoso. Nós sabemos que existe hoje uma multitude de tratamentos e as pessoas ficam totalmente perdidas diante do enorme número de informações e palpites que escutam de amigos ou lêem na internet.

O fato é que, quando temos um problema de saúde, devemos procurar um super especialista para darmos ao nosso parente querido o melhor. Quantas vezes já ouvimos de pacientes contando que, não querendo se deslocar, acabaram por optando por não buscar o médico que desejavam, e o resultado não foi o esperado. Pois nós acreditamos que vale a pena buscar nossa opinião a respeito de seu caso, a respeito de sua indicação de cirurgia, mesmo que haja uma certa espera para sua consulta. É importante que nos seja transmitida a informação da prioridade do caso de seu pai, de sua mãe, de seu familiar querido, para que possamos organizar nossa agenda e atendê-la(o) o quanto antes.

Consulta on-line ou presencial para tratamento da dor na coluna

Somente uma consulta on-line ou presencial poderá, realmente, possibilitar que analisemos o caso de seu pai ou mãe e que determinemos nossa sugestão de tratamento. Por mais que escrevamos aqui, cada ser humano é único, e existe uma enorme variedade de informações que deve ser levada em conta, junto à nossa enorme experiência, para que possamos propor o tratamento, seja ele algo menor ou algo maior. Lembre-se, nossos objetivos são: a melhora da qualidade de vida de seus pais e avós e a preservação dos movimentos dos braços e pernas deles. Os nervos saem da região da coluna e devem ser preservados a todo custo.

O tratamento da coluna do idoso e o respeito e preservação dos nervos e movimentos do braço e perna

Muitas vezes, o idoso já chega em consulta com compressões muito graves de nervo na coluna. Os sintomas, às vezes “bobos”, às vezes desprezados por anos, podem ser de tensões musculares. Existem várias alternativas de tratamento que poderemos propor, sempre analisando caso a caso, e de acordo com os desejos e autorização da família e do paciente.

Existem algumas situações, no entanto, em que somente uma cirurgia é capaz de resolver a dor na coluna, no ciático, no braço. Nestas condições, nossa formação em cirurgia neurológica nos permite um enorme cuidado com os nervos das pernas e dos braços do seu pai ou de sua mãe. Nosso lema principal é a segurança e a preservação dos movimentos das pernas e braços de seus parentes.

doença degenerativa do disco
Na foto, Dr. Pinheiro Franco e em suas mãos está está seu novo livro, publicado na Alemanha, o maior livro jamais publicado sobre o motivo de sua visita aqui em nosso site.
O grande livro (834 páginas) escrito especificamente sobre a Doença Degenerativa da coluna, o disco intervertebral, a lombalgia foi publicado em inglês, tem 834 páginas, e aborda, desde técnicas pouco invasivas, cirurgia robótica até células tronco. A coluna do idoso, que tanto sofre com a dor pode ter tratamento e a qualidade de vida de seu pai ou mãe pode ser melhorada.Marque agora sua consulta e venha entender, de fato, seu problema.

As consequências de não realizar cirurgia de libertação dos nervos na qualidade de vida do idoso

A perda de força e de movimento das pernas ou braços pode trazer consequências terríveis para a vida, não só do idoso, mas dos filhos que os amam e que os amparam no dia a dia. Um idoso que não consegue andar, que manca, vai ficando cada vez mais dependente, cada vez menos autônomo, para fazer suas mais simples atividades do dia a dia, e isto gera depressão, tristeza, ansiedade, irritação e nos piores casos, chega-se a ouvir frases do tipo: “Acho que já fiz a minha parte aqui na Terra…”. É terrível para um filho ou uma filha ouvir isto de sua mãe amada, de seu pai amado. Marque sua consulta agora e vamos ajudá-los.

Evidentemente, cada caso é analisado em detalhes na Clínica Pinheiro Franco e procuramos, sempre técnicas menos invasivas para o tratamento da dor na coluna e nervos do paciente idoso.

Dr. Luiz Pinheiro Franco foi um dos precursores no Brasil nas técnicas minimamente invasivas da coluna e nervos e milhares e milhares de pessoas já se beneficiaram nas últimas 3 décadas com estes tratamentos. Lembre-se: cada caso é um caso e só uma meticulosa análise e grande experiência em consulta médica podem definir o adequado tratamento. Não se contente apenas com esta leitura. Marque agora a sua consulta ou de seu pai ou mãe com os Drs. Pinheiro Franco.

Especialista e precursor no Brasil em técnicas pouco invasivas da coluna do idoso, Dr. Pinheiro Franco tem, à mesa à sua frente, a tese de Doutorado sobre procedimentos minimamente invasivos da coluna.

Causas de dor na coluna no idoso

As causas de dor na coluna no idoso são várias e na maior parte das vezes não requerem cirurgia. Vejamos algumas delas. E lembrem-se: para dor na coluna, não existe receita de bolo. São tantas variáveis a serem analisadas que só em consulta conosco poderemos analisar e propor o tratamento.

Vejam a doença degenerativa da coluna. A coluna do idoso (à direita) tem o disco degenerado e as articulações facetárias (posteriores) degeneradas. Detalhe importante: os nervos, muitas vezes esmagados na coluna idoso, não estão representados nesta imagem.

Sintomas do idoso com dor na coluna

TERMOGRAFIA CLÍNICA
Análise da coluna do idoso. Aqui Dr. Pinheiro Franco e Dra. Luciana (fisioterapeuta e educadora física)

O idoso que tem dor na coluna lombar pode ter uma série de sintomas que podem ou não estar associados à dor na coluna. Preste bem atenção e veja se seu pai ou sua mãe apresentam um ou mais destes sintomas. Só na consulta com nossa equipe realmente poderemos analisar todas as informações e propor os tratamentos. Como tudo na vida, tudo tem dois lados e não existe tratamento perfeito. Todo tratamento tem seu lado bom e seu lado, vamos dizer, menos bem. Vamos esclarecer com seriedade as várias opções de tratamento. Mas, por enquanto, façam o que solicitamos acima neste parágrafo.

  • dor na coluna
  • dificuldade de se manter em pé
  • dor ao caminhar: “Preciso de um banco para me sentar”
  • dificuldade progressiva para caminhar distâncias
  • tensão na coluna
  • cansaço na coluna, às vezes mais fequentes no fim do dia
  • dor ao levantar da cama
  • dor na perna
  • dor na coxa
  • formigamentos na perna, coxa
  • alívio da dor quando se inclina para a frente, como ao fazer supermercado e apoiar-se no carrinho
  • dor nas costas ao espirrar ou tossir
  • sintomas atribuídos a fibromialgia (clique aqui no link e leia mais, talvez se surpeenda).

Dor na coluna do idoso e compressão do nervo ciático ou do pescoço

Muitos dos sintomas que o idoso sente devem-se à compressão do nervo que sai do canal vertebral na coluna. Muitas vezes, as tensões musculares, aquela tensão no pescoço, aquela tensão nas costas, são reflexos de algo maior acontecendo na coluna e nos nervos.

Se a compressão de nervo for na região lombar, a dor e os sintomas serão sentidos no membro inferior, perna, coxa, cansaço destes membros. Se a compressão for na coluna no pescoço (cervical), o esmagamento de medula espinhal ou nervos pode trazer sintomas em braços mas também em membros inferiores dependendo do tipo de lesão.

Você entende que muitos dos sintomas estão relacionados aos nervos. Nossa equipe de cirurgiões neurológicos têm enorme experiência na definição dos melhores tratamentos e na realização adequada dos procedimentos para alívio das dores relacionados aos nervos da coluna cervical e lombar.

Vejam na metade direita da imagem o que pode acontecer com a coluna envelhecida (olhando a coluna e nervo por cima). O nervo (em amarelo) tem que sair do canal central e é esmagado, comprimido pelo disco e pelo osso (artrose). Vejam o nervo com o contorno em vermelho representando a compressão do nervo. Às vezes, o grande adiamento da remoção da estrutura compressora (disco/osso/artrose) pode determinar sequelas irreversíveis ao nervo e dor persistente.

Sintomas psíquicos associados à dor na coluna no idoso

  • desânimo
  • depressão
  • tristeza
  • irritabilidade
  • falta de vontade de viver: “Acho que já cumpri a minha missão..”(muito triste ouvir isso de seu pai ou mãe)
  • ato de sair menos de casa, sem vontade para passear, para viajar, para fazer as coisas que antes fazia
  • desânimo e dificuldade para fazer tarefas de casa as mais comuns como passar uma vassoura, regar as plantas, lavar fora de casa.

Veja o quanto a dor na coluna, a dor nas costas, a lombalgia, a dor no pescoço, a artrose de coluna pode prejudicar a vida do idoso.

Todos os aspectos de sua vida se perturbam com a vida do idoso. Mas a boa notícia é que isto pode mudar. Isto pode melhorar. Marque sua consulta conosco pelo telefone, pela página contato ou pelos canais WhatsApp e vamos melhorar juntos.

O fisioterapeuta, o educador físico, o personal trainer e idoso com dor na coluna

Os profissionais fisioterapeuta, educador físico, personal trainer, são fundamentais no dia a dia do paciente idoso para mantê-lo(a) ativo(a) e permitir que sua parte física se comporte bem ao longo dos anos. O importante é que, no idoso que tem dores na coluna, pescoço, ciática, que estes profissionais interajam conosco para que possamos detectar eventuais lesões da coluna e nervo, hérnia de disco, artrose, estenose que possam causar algum risco de lesão nervosa e perda de movimento de braços e pernas.

Hoje em dia, interagimos com um grande número de profissionais que nos encaminham pacientes para avaliação e mantemos contato via telefone. Nós avaliamos o paciente idoso, programamos tratamentos e procuramos incentivar o paciente idoso que não só mantenha, mas que, se possível, aumente o contato (as sessões, o tempo) com seu fisioterapeuta, seu educador físico, seu personal trainer. Trata-se de um trabalho conjunto que desenvolvemos de forma ética procurando o melhor para todas as partes. Todos têm ficado satisfeitos.

Tratamento da dor na coluna no idoso

O idoso que tem dor na coluna pode ter múltiplas causas de dor. Então o tratamento que nós proporemos dependerá de uma grande série de fatores que não pode ser analisada simplesmente marcando-se um “X” nos tratamentos médicos abaixo. Todos os tratamentos têm suas vantagens e desvantagens. Aqui trata-se apenas de uma lista ilustrativa com algumas das opções existentes que o médico especialista pode propor.

Hoje, existem muitos tratamentos “modernos” que se auto-proclamam milagrosos, minimamente invasivos. Alguns deles não têm comprovação científica adequada. Nós prezamos a seriedade na condução de cada caso sem colocar o “marketing” em primeiro plano. Em outras palavras, proporemos o melhor tratamento considerando as inúmeras variáveis envolvidas com o objetivo de melhorar a condição de vida daquele idoso, especificamente daquela pessoa idosa única, pois somos todos únicos.

Nós realizamos e preferimos o que chamamos de procedimentos ou cirurgias menos invasiva (Less invasive). Deve-se ter certo cuidado com o termo minimamente invasivo pois, não adianta preservar pele com incisão menor, se o trabalho de libertar o nervo, de salvar o nervo da perna, não for realizado adequadamente. Nossa equipe da Clínica Pinheiro Franco preza pela excelência no trato com os nervos comprimidos, esmagados, em diversas situações na coluna do idoso.

Desta forma, na Clínica Pinheiro Franco, a segurança dos movimentos de pernas e braços de seu pai ou de sua mãe é o nosso lema e é a nossa prioridade máxima. Marque agora a consulta de seu ente querido e vamos melhorar a vida do nosso próximo.

2014, Dr. Pinheiro Franco é convidado para integrar o Fórum de Cientistas da Academia Pontifical de Ciências do Vaticano. São 5 dias de reuniões, a presença do Papa Francisco e diversos ganhadores de Prêmio Nobel. Na foto, o Papa Francisco olha para Dr. Pinheiro Franco e extende sua mão para cumprimentar o Dr. João Pinheiro Franco. Uma benção mágica, um momento inesquecível para a alma.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Outras publicações

biacuplastia
Minimamente Invasivo

Biacuplastia intradiscal

Tratamento que consiste em cauterizar as fibras nervosas causadoras de dor que estão dentro do disco vertebral.

Outros Tratamentos

Micro Cirurgia
Microcirurgia Zeiss

Microdiscectomia Zeiss

A microdiscectomia é, para o tratamento da hérnia de disco, o que se chama de padrão-ouro (gold standard em inglês). O que isto significa? Significa

Agende uma Tele Consulta

Consulta presencial ou on-line para um diagnóstico preliminar.

Desculpe, este conteúdo é protegido.

Seu problema TEM TRATAMENTO!

Não se preocupe, nós ligamos para você!

Covid-19

Caros Pacientes da Clínica Pinheiro Franco,

Diante do cenário global frente ao coronavírus, faremos também, TELE ATENDIMENTO MÉDICO visando continuar nossas atividades e manter o atendimento a todos os nossos pacientes.

Quem tiver interesse, a partir de agora, como não sabemos a duração da epidemia, deve enviar WhatsApp para os telefones:

Para agendar sua consulta on-line com horário marcado. 

Orientaremos como será feita a consulta através de um WhatsApp de resposta. 

Atenciosamente, 
EQUIPE DA CLÍNICA PINHEIRO FRANCO