Quais as causas freqüentes de cirurgia na coluna em idosos?

Quais as causas freqüentes de cirurgia na coluna em idosos?

As causas de necessidade de cirurgia da coluna em idosos são várias e serão listadas aqui. A definição de idoso é complexa. As pessoas acima de 60 anos são idosas? Ou acima de 70? Ou de 80? Hoje encontramos muitas pessoas nestas faixas etárias que se comportam de um modo totalmente diferente do que as pessoas de 60, 70 ou 80 anos em 1980!

Os tempos mudaram! As pessoas estão envelhecendo melhor! Envelhecendo com melhor qualidade de vida. As pessoas estão querendo mais curtir a vida, viajar, dançar, fazer atividade física. A expectativa de vida do povo brasileiro aumentou de cerca de 60 anos em 1980 para 76 anos em 2019. Mas, e a coluna? Como é que está a coluna?

Como ter uma coluna melhor quando eu já sou idoso? Como me programar para ter uma coluna melhor quando eu for idoso?

A coluna envelhece, como o nosso corpo inteiro. Os discos desidratam-se, todos teremos a doença degenerativa da coluna. Como faço para ter uma coluna melhor se sou idoso? Como me preparo para ter uma coluna melhor quando eu me tornar idoso?

Em relação à segunda questão, para os mais jovens, Dr. Pinheiro Franco faz uma avaliação antropomórfica da coluna (leia mais à frente) para entender melhor como sua coluna vai envelhecer com o intuito de poder ajudá-lo(a) a envelhecer melhor com sua coluna. Ele publicou em New York recentemente o primeiro livro dedicado integralmente a este novo conceito em ciência da coluna: o Equilíbrio Sagital (lateral) da coluna.

Avaliação antropomórfica da coluna vertebral (Foto é da imagem da capa de seu livro publicado em New York) pelo Dr. Pinheiro Franco.
Dr. Pinheiro Franco faz esta avaliação, define a sua morfologia espinopélvica. Na seqüência, ele estuda as alterações degenerativas que seu tipo de coluna tem a tendência de produzir. Finalmente, ele define plano de futuro para seu estilo de vida de coluna para que você atinja idade idosa em melhores condições de qualidade de vida.

Com relação à primeira questão, os processos degenerativos da coluna já ocorreram. Então, não temos como voltar no tempo! Mas, temos como aliviar as dores! Temos como ter uma coluna melhor quando já sou idoso! Existem diversos meios de que dispomos para melhorar sua qualidade de vida.

Existem meios mais conservadores e meios menos conservadores, cirúrgicos. A compreensão da enorme quantidade de variáveis envolvidas não é simples. A análise e tomada de decisão a respeito do que deve ser feito para melhorar a qualidade de vida do idoso não é fácil. Mas, a notícia boa é que existe a resposta.

A consulta com grandes especialistas internacionais pode ajudá-lo(a) a tomar a melhor decisão. O Valor da Clínica Pinheiro Franco consiste exatamente em auxiliá-lo(a) a tomar a melhor decisão.

A doença degenerativa da coluna e a cirurgia de coluna no idoso. Entenda.

A coluna do idoso envelhece. A doença degenerativa da coluna desta pessoa idosa avança. Inúmeras alterações ocorrem. A dor lombar, nas pernas, a tensão no pescoço é persistente. A qualidade de vida cai. A autonomia para fazer suas coisas, para passear, para se exercitar, para caminhar, cai. O desânimo chega. O que fazer? Sou idoso e terei que fazer cirurgia na coluna?

Não, pelo menos a princípio, não. Com a degeneração dos discos, a espondilodiscopatia, todo o mecanismo de equilíbrio lateral da coluna do idoso é, de certa forma, perturbado. Os discos estão desidratados, os músculos, muitas vezes, não estão preparados para sustentar a coluna que “quer pender” para a frente.

Surgem os sintomas, aqui na coluna cervical (pescoço) e na outra lista mais abaixo, na lombar:

  • tensão muscular no pescoço
  • torcicolo
  • sensação de pescoço duro
  • limitação de movimento do pescoço
  • dificuldade para mexer o pescoço
  • tensão no trapézio (muitas pessoas têm se queixado disto)
  • dor no braço
  • sensação de braços pesados
  • braços cansados
  • formigamentos no braço
  • formigamento na mão
  • dificuldade para virar o pescoço para o lado
  • tontura, principalmente quando coloca o pescoço para trás
  • dor no braço
  • dor no braço quando faz certos movimentos da cabeça e pescoço
  • dor no pescoço que vai até a parte de trás da cabeça.
O idoso com dor na coluna não merece sofrer. Venha à Clínica Pinheiro Franco e vamos estabelecer o melhor tratamento.
Clínica Pinheiro Franco – Neurocirurgia e Coluna Vertebral – Há 47 anos Cuidando da Segurança dos nervos e medula espinhal de seus pacientes.

Na lombar, são inúmeros os sintomas de doença degenerativa da coluna no idoso, que podem aparecer isolados ou combinados com outros sintomas:

  • dor nas costas, na coluna lombar
  • dor no glúteo, nas nádegas
  • dor na coxa e na perna, muitas vezs na parte de trás, dor na “batata da perna”
  • formigamento na perna
  • sensação de que não sente os dedos do pé
  • necessidade de achar um lugar para sentar
  • sensação de pernas cansadas, pernas pesadas
  • desânimo, tristeza porque não consegue mais passear, sair de casa como antes
  • irritação pela dores constantes nas costas
  • insônia, dificuldade para dormir devido às dores nas costas
  • incapacidade de fazer suas atividades de casa
  • o idoso/ a idosa não consegue mais fazer suas coisas normais em casa, pela dor, pelo incômodo.

Em casos mais graves:

  • paralisia de perna/ paraplegia
  • perda de movimento no braço
  • perda do movimento fino para escrever, segurar objetos, abotoar uma camisa
  • dificuldade para caminhar
  • necessidade de bengala ou muleta
  • retenção de fezes, às vezes, necessitando de lavagem intestinal no hospital
  • retenção de urina, às vezes requerendo cateterismo vesical

Sou idoso e não quero operar da coluna. O que devo fazer?

Como lemos no tópico acima, o idoso e a idosa podem se defrontar com uma variedade de sintomas relacionados à doença degenerativa da coluna e suas consequências. Agora, o que fazer? Sou idoso e não quero operar da coluna? O que eu faço?

O maior livro já escrito internacionalmente sobre a doença degenerativa da coluna e seus diversos tratamentos foi publicado pelo autor destas linhas no site em que estamos agora. Isto significa o enorme VALOR no conhecimento para que a melhor tomada de decisão seja feita a respeito da doença degenerativa da pessoa acima dos 60 anos de idade que tem doença degenerativa da coluna.

Dr. Pinheiro Franco com seus livros publicados na Alemanha e nos EUA sobre a doença degenerativa da coluna e sobre a importância da avaliação antropomórfica da coluna para todos nós. Aqui temos o VALOR que sua coluna e os nervos de seus braços e perna merecem.

Existem meios para se evitar a cirurgia de coluna, mas devemos estar bem cientes dos aspectos pró e contra da cirurgia de coluna. Da mesma forma, devemos estar cientes dos aspectos pró e dos riscos existentes quando decidimos não operar a coluna e nervos. O que ocorrerá se meu nervo não for descomprimido, não for “salvo”? O que ocorrerá?

Dê o merecido VALOR que sua qualidade de vida tem e marque hoje sua consulta com os Drs. Pinheiro Franco.

A maioria das cirurgia de coluna em idoso envolve a manipulação de nervos. Entenda.

A maioria das cirurgias de coluna em idosos é causada pela doença degenerativa do disco e fatores associados. Os nervos que passam ao lado dos discos e ossos da coluna podem ser comprimidos e podem surgir a dor no trajeto do nervo, pelo braço ou pela perna (ciática), além de alterações sensitivas e motoras.

Assim, a maioria das cirurgias de coluna no idoso necessitará de grande habilidade no manuseio dos nervos da coluna cervical da coluna lombar, ciático ou da medula espinhal.

Os nervos próximos à coluna manuseados em cirurgia de coluna em idosos são tratados com enorme finesse, delicadeza e respeito por nossa equipe de Neurocirurgiões especialistas. Clínica Pinheiro Franco – Neurocirurgia e Coluna Vertebral.

Causas de cirurgia de coluna em idosos:

Tudo isto dito, é importante colocar tudo na balança, escolher quem entende de fato do assunto e vamos enfrentar o problema de frente. Os objetivos são:

  • melhorar a qualidade de vida da pessoa idosa
  • reduzir riscos associados à idade
  • ponderar tudo na balança
  • obter a resposta sobre melhor tratamento com a equipe de especialistas com grande expertise

As causas mais comuns de cirurgia de coluna em idosos são:

Temos atendido muitos pacientes idosos pelo plano. Isto é possível. Saiba como fazer entrando em contato com nossas colaboradoras.

Clínica Pinheiro Franco

47 anos de Valor Cuidando dos Nervos de seus Braços e Pernas

Compartilhe

Outras publicações

Outros Tratamentos

Minimamente Invasivo

Biacuplastia intradiscal

Tratamento que consiste em cauterizar as fibras nervosas causadoras de dor que estão dentro do disco vertebral.

Micro Cirurgia
Microcirurgia Zeiss

Microdiscectomia Zeiss

A microdiscectomia é, para o tratamento da hérnia de disco, o que se chama de padrão-ouro (gold standard em inglês). O que isto significa? Significa

Agende uma Tele Consulta

Consulta presencial ou on-line para um diagnóstico preliminar.